terça-feira, 26 de outubro de 2010

Tem inicio a XXI Semana Espírita Humberto de Campos

Os palestrantes Daniel Ciarlini e Rogério Carvalho abordaram vida e obra do autor nas fases homem e espírito para uma seleta platéia em plena praça da graça, neste domingo (24), em frente à câmara municipal.

Espíritas, simpatizantes, convidados e algumas autoridades se fizeram presentes ao evento que deu por inicio a XXI semana espírita Humberto de campos, evento organizado e promovido pelo movimento espírita de Parnaíba que compreende cerca de 08 casas no total.

A secretária de cultura Fátima Cármino participou da palestra e disse sentir-se muito satisfeita em poder integrar as atividades culturais de Parnaíba, envolvendo inclusive, os movimentos religiosos. “muito me sensibiliza a doutrina espírita e sinto pena daqueles que não conseguem absorver a sua filosofia, assim como sinto pena daqueles que tem uma mentalidade tribal, achando que somos superiores aos outros por conta de nossa religião”, pontuou.

video

A programação que teria início no memorial de Humberto de Campos, que fica na Academia Parnaibana de Letras, sofreu alteração e por isso foi realizada na praça da graça em frente a câmara de vereadores.

O primeiro palestrante foi Daniel Ciarlini que abordou Humberto de Campos Homem, tratando de toda sua trajetória de vida. Daniel narrou algumas passagens descritas pelo próprio autor em diversas obras, além das descrições e comentários tecidos por outros notáveis críticos literários ou mesmo familiares do maranhense. Em seu discurso, não omitida a passagem de Humberto de campos por Parnaíba e comparou a crônica sobre o cajueiro com o movimento político econômico que a cidade vivia.

video

Já Ricardo Gomes , trouxe em questão Humberto de Campos enquanto espírito apresentando obras escritas pelo cronista através da psicografia de Chico Xavier. Ricardo abordou e deu destaque para o trágico momento em que a família Campos decidiu por processar a Federação Espírita Brasileira por usar o nome do autor cobrando direitos autorais das publicações. “Humberto não desistiu, e adotou o pseudônimo de Irmão X”, disse. Ricardo informou também acerca das críticas ocorridas em todo o mundo por Humberto de Campos estar agora produzindo “do além”.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário